Cidade promove campanha de doação de sangue

No meio do ano, a chegada do frio e do período de férias escolares são fatores que costumam afastar os doadores de sangue e provocar queda nos estoques dos hemocentros em todo o país.

Em atitude que visa a cooperar com o abastecimento dos bancos de sangue, a Secretaria Municipal de Saúde de São Caetano do Sul convida os munícipes a praticarem um ato de amor e de solidariedade, dirigindo-se ao Núcleo Regional de Hemoterapia “Dr. Aguinaldo Quaresma” (Rua Peri, 361, Bairro Oswaldo Cruz) para doarem sangue. “Nossos bancos de sangue, no país todo, estão em níveis muito aquém do ideal. É a época em que a gente chama as pessoas para se solidarizarem e irem doar sangue. O processo é bem tranquilo, fácil e indolor”, diz a secretá- ria de Saúde de São Caetano do Sul, Regina Maura Zetone. Cada doação pode salvar até quatro vidas. Como doar? A doação no Núcleo Regional de Hemoterapia pode ser feita de segunda a sábado, das 8h às 12h. O material coletado na unidade abastece os hospitais Márcia Braido, Maria Braido, Euryclides de Jesus Zerbini, Hospital São Caetano, Cine (Centro Integrado de Nefrologia do ABC) e ainda o Hospital Heliópolis, na capital. Doação segura O procedimento é totalmente seguro, tanto para quem doa quanto para quem recebe o sangue doado. Com os estoques mais baixos e campanhas de vacina- ção em andamento, pede- -se doar sangue antes de se imunizar, uma vez que é acontece preciso respeitar o período de latência das vacinas. Quem se vacinou contra a gripe só pode doar após 48 horas. Já para a vacina contra a febre amarela, o prazo mínimo é de 28 dias. Serviço Para ser um doador é preciso portar documento com foto, estar em boas condições de saúde, ter de 16 a 69 anos, estar bem alimentado e pesar mais de 50 kg. Menores de idade devem ter autorização do responsável e estar acompanhados de um adulto. Para quem é da Terceira Idade, a primeira doação deve ter sido feita até os 60 anos. Homens podem doar sangue a cada dois meses, sem ultrapassar quatro doações em um ano. Para mulheres, o intervalo mínimo é de três meses, até três vezes ao ano. Outras condições podem ser consultadas no site colsan.org.br.

0 comentários

Adicionar comentário

Outros artigosir para home

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi(0)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) lançou nesta quinta-feira (14) o início da seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT), que receberão ao menos R$ 1 milhão. de incentivo Conduzida ao lado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações (MCTIC), a iniciativa tem orçamento de R$ 20 milhões, cujos recursos não são reembolsáveis.

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%(0)

O juiz José Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, de- terminou que a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) aplique a inflação do setor de saúde como teto para reajuste dos planos de saúde in- dividuais e familiares em 2018. Dessa forma, a correção desses planos fica limitada a 5,72% –

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’(0)

A Promotoria de Brauns- chweig, na Alemanha, im- pôs na última quarta-feira (13) uma multa de 1 bilhão de euros para o grupo Volkswagen pela mani- pulação das emissões de gases em motores a diesel nesta quarta-feira (13). A montadora alemã aca- tou a decisão e se decla- rou responsável pelas acu- sações no caso

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto(0)

O plenário da Câmara de Deputados da Argentina, nesta quinta-feira (14), em uma sessão disputada e histórica, decidiu: por 131 votos a 123, que as mulheres terão direito ao aborto legal em qualquer circunstância até a 14ª semana de gestação. Também houve 1 abstenção.

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol(0)

Era o dia 9 de julho de 2014. A Argentina havia acabado de derrotar a Holanda nos pênaltis e chegar à final da Copa do Mundo. Mas todo mundo ainda tentava assimilar o inesperado resultado da outra semifinal. O Brasil havia sido aniquila- do pela Alemanha por 7 a 1.

ler mais


Entre em contato

Av. Brig. Faria Lima, 2381 - Sala 9 - São Bernardo do Campo - SP

Redes sociais

Categorias mais populares

© 2014 Jornal Hoje Livre - Todos os direitos reservados.