Assunto para o dia todo, todo o dia. Jornal Hoje Livre o melhor do ABCDM.

Dengue, Zika ou Febre Amarela?

A primeira morte do ano por febre amarela no Rio de Janeiro foi confirmada no início da tarde desta sexta-feira (12) pela Secretaria Estadual de Saúde. A vítima morava em Teresópolis, na região serrana. Também foi relatado um outro caso da doença, em Valença (a 158 km da capital), cuja vítima está internada.

A pasta, no entanto, não detalhou o estado de saúde dela. Os casos foram confirmados após exames laboratoriais realizados pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Em 2017, foram registrados 27 casos confirmados de febre amarela silvestre em humanos no Estado, sendo que nove deles evoluíram para óbito. As ocorrências foram nos municípios de Casimiro de Abreu, São Pedro da Aldeia, Porciúncula, Maricá, Macaé, Silva Jardim, Santa Maria Madalena, Cachoeiras de Macacu, Niterói, São Gonçalo, Bom Jesus do Itabapoana, Nova Friburgo, Conceição de Macabu e Guapimirim.
Desde julho do ano passado, todos os 92 municípios do Estado já estão incluídos na área de recomendação da vacina e na campanha de vacinação permanece. Também foi adotada a criação de cinturões de bloqueio, recomendando a vacinação contra a febre amarela principalmente em municípios de divisa com Espírito Santo e Minas Gerais (áreas de risco para a doença).

Campanha de vacina fracionada
Na última terça-feira (9), o Ministério da Saúde anunciou uma nova campanha de vacinação contra febre amarela, que contará com a aplicação de doses normais e fracionadas da vacina, em 17 municípios do Estado do Rio de Janeiro: Aparecida, Arapeí, Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica.
A campanha ocorrerá do dia 19 de fevereiro a 9 de março, sendo o dia 24 de fevereiro o dia D de mobilização. Estima-se que 2,4 milhões de pessoas deverão receber a dose fracionada e 7,7 milhões a padrão no Estado.
De acordo com o governo, a estratégia de fracionamento da vacina é recomendada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) quando há aumento de casos de febre amarela silvestre de forma intensa, com risco de expansão da doença em cidades com elevado índice populacional e que não tinham recomendação para vacinação anteriormente. Estudos indicam que a dose fracionada da vacina oferece proteção similar à da dose padrão por ao menos 8 anos. A proteção da dose integral dura para a vida toda.
A vacinação fracionada é recomendada para pessoas a partir dos dois anos de idade. Mas não é indicada para crianças de 9 meses a menores de dois anos e para pessoas com condições clínicas especiais (como vivendo com HIV ou em período final de quimioterapia, por exemplo) e gestantes, que devem ser vacinadas com a dose integral.

0 comentários

Adicionar comentário

Outros artigosir para home

Razer apresenta o Blade, notebook gamer com apenas 1,68 cm de espessura

Razer apresenta o Blade, notebook gamer com apenas 1,68 cm de espessura(0)

A Razer anunciou ontem a sua nova aposta para o mercado de notebooks gamers, uma versão renovada do Razer Blade, apresentada pela companhia como o menor do gênero quando se fala em peças com tela de 15,6 polegadas.

S.Bernardo volta a ser destaque entre cidades de maior consumo no País

S.Bernardo volta a ser destaque entre cidades de maior consumo no País(0)

A cidade de São Bernardo voltou a ser destaque no cenário econômico nacional, alinhando assim, a nova po- lítica de ajuste fiscal implementada pelo governo do prefeito Orlando Morando, a partir de janeiro de 2017.

Santo André mantém liderança na criação de empregos no ABC

Santo André mantém liderança na criação de empregos no ABC(0)

Santo André segue criando oportunidades de trabalho e renda. Segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego,

‘Efeito Lava Jato’ estimula candidaturas de 41 policiais federais. Entenda!

‘Efeito Lava Jato’ estimula candidaturas de 41 policiais federais. Entenda!(0)

Pelo menos 41 integrantes da Polícia Federal, entre delegados, agentes, escrivães e papiloscopistas, pretendem concorrer a uma vaga de senador,

Cidade recebe exposição ‘A Arte Negra na Cultura Brasileira’

Cidade recebe exposição ‘A Arte Negra na Cultura Brasileira’(0)

Celebrando os 130 anos da abolição da escravatura no país, a exposição A Arte Negra na Cultura Brasileira traz para São Caetano do Sul a arte de Elifas Andreato.

ler mais


Entre em contato

Grupo Hoje Livre - Av. Brig. Faria Lima, 2381 - Sala 9 - São Bernardo do Campo - SP

Redes sociais

Categorias mais populares

© 2014 Jornal Hoje Livre - Todos os direitos reservados.