Imprensa internacional prevê acirramento da polarização política no Brasil com prisão iminente do ex-presidente Lula

A derrota do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal está nas manchetes internacionais em toda a Europa.

O jornal Le Figaro explica que, teoricamente, não existe mais nenhum obstáculo ao encarceramento do ex-presidente e, de acordo com vários juristas, ele deverá estar atrás das grades na semana que vem, provavelmente na terça-feira (10).

Le Figaro relata as declarações de apoio recebidas por Lula, após o resultado do julgamento, citando tuítes do Partido dos Trabalhadores e do presidente venezuelano, Nicolas Maduro, que afirmou ser uma injustiça a condenação do petista.

A sentença do STF é a principal manchete do site do Le Monde. “Nunca uma decisão dilacerou tanto o Brasil, escreve a correspondente do jornal francês em São Paulo, Claire Gatinois, pela polarização entre os brasileiros que continuam a venerar o ex-chefe de Estado como um “semi-deus” e aqueles que consideram Lula o pior bandido da humanidade, responsável pelo rombo nas contas públicas e a estagnação perpétua do gigante latino-americano. O jornal também destaca a defesa feita por Dias Toffoli, afirmando que o que estava em jogo ontem, em Brasília, não era apenas o destino do Brasil mas também o de um país que não olha seus pobres e suas favelas.

Na Espanha, o jornal El País diz que, apesar de o Brasil ser o reino do imprevisível, tudo indica que o ex-presidente Lula se tornará um presidiário nos próximos dias. “É possível que a passagem de Lula pela prisão seja efêmera”, avalia o diário espanhol, já que “a defesa de Lula ainda tem algumas balas para gastar”.

El País prevê que a enorme ferida aberta nos últimos anos na sociedade brasileira será, com certeza, ampliada. “Um terço do eleitorado, segundo pesquisas, viverá a prisão de Lula como um trauma inimaginável, uma espécie de vingança da elite contra o metalúrgico sem estudos, que ascendeu da mais baixa classe social, num país onde a discriminação é atroz, para governar com sucesso durante oito anos. Outros, que perambularam por todos os cantos do país com o boneco de Lula vestido de presidiário, vão celebrar o triunfo. Mas as vozes que consideram Lula apenas um bode expiatório dentro de um sistema político onde quase nenhuma figura de relevância está a salvo de suspeitas também ressoará novamente, prevê o espanhol El País.

O britânico The Guardian acredita que a prisão representa o fim da carreira política de Lula. “No complexo e mal-ordenado sistema legal brasileiro”, diz o Guardian, os juízes do Supremo ouviram “os apelos para que uma pena confirmada após recurso leve à prisão, ao invés de deixar o processo se estender por por vários anos, garantindo a impunidade para aqueles suficientemente ricos para pagar advogados que possam lançar inúmeros recursos técnicos”.

O jornal português O Público explica que, mesmo estando preso, Lula pode ser candidato às presidenciais de outubro e fazer campanha. Só o Tribunal Superior Eleitoral, que a partir de agosto vai ser presidido pela juíza Rosa Weber, pode inviabilizar a sua candidatura, com base na Lei da Ficha Limpa.

O ex-presidente corre, portanto, o risco de iniciar uma campanha eleitoral mas, a meio do percurso, ser proibido de se candidatar.

0 comentários

Adicionar comentário

Outros artigosir para home

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi(0)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) lançou nesta quinta-feira (14) o início da seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT), que receberão ao menos R$ 1 milhão. de incentivo Conduzida ao lado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações (MCTIC), a iniciativa tem orçamento de R$ 20 milhões, cujos recursos não são reembolsáveis.

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%(0)

O juiz José Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, de- terminou que a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) aplique a inflação do setor de saúde como teto para reajuste dos planos de saúde in- dividuais e familiares em 2018. Dessa forma, a correção desses planos fica limitada a 5,72% –

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’(0)

A Promotoria de Brauns- chweig, na Alemanha, im- pôs na última quarta-feira (13) uma multa de 1 bilhão de euros para o grupo Volkswagen pela mani- pulação das emissões de gases em motores a diesel nesta quarta-feira (13). A montadora alemã aca- tou a decisão e se decla- rou responsável pelas acu- sações no caso

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto(0)

O plenário da Câmara de Deputados da Argentina, nesta quinta-feira (14), em uma sessão disputada e histórica, decidiu: por 131 votos a 123, que as mulheres terão direito ao aborto legal em qualquer circunstância até a 14ª semana de gestação. Também houve 1 abstenção.

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol(0)

Era o dia 9 de julho de 2014. A Argentina havia acabado de derrotar a Holanda nos pênaltis e chegar à final da Copa do Mundo. Mas todo mundo ainda tentava assimilar o inesperado resultado da outra semifinal. O Brasil havia sido aniquila- do pela Alemanha por 7 a 1.

ler mais


Entre em contato

Av. Brig. Faria Lima, 2381 - Sala 9 - São Bernardo do Campo - SP

Redes sociais

Categorias mais populares

© 2014 Jornal Hoje Livre - Todos os direitos reservados.