São Bernardo ficou em segundo lugar na etapa nacional do X Prêmio Brasil Sorridente, concorrendo com outros municípios brasileiros com população acima de 300 mil habitantes. Representando o estado de São Paulo, a outra cidade que também ficou entre as finalistas foi Pederneiras, que conquistou o terceiro lugar na categoria dos municípios com até 50 mil pessoas.

brasil

Este ano, 210 cidades de 21 estados concorreram à premiação e 48 foram selecionadas para a etapa nacional. Criado em 2005 pelos conselhos Federal de Odontologia e Regionais de Odontologia, com o apoio do Ministério da Saúde, o Prêmio Brasil Sorridente é destinado aos municípios que se destacam na implantação de políticas públicas de saúde bucal.

São Bernardo venceu a etapa nacional em 2013 e por três vezes foi o vencedor na fase estadual (2012, 2013 e 2015) na faixa dos municípios com mais de 300 mil habitantes. As cidades são selecionadas a partir de critérios como a contrapartida municipal no financiamento em saúde, a criação de Conselho Municipal de Saúde com representante da saúde bucal; a proporção de cobertura de equipes de saúde bucal na Atenção Básica; e o desenvolvimento de ações de promoção e vigilância em saúde bucal.

A cidade possui 75 equipes de saúde bucal nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), cada uma delas formada por um dentista, um auxiliar e um técnico de saúde bucal. Há, ainda, duas unidades Brasil Sorridente/Centros de Especialidades Odontológicas, nos bairros Nova Petrópolis e Alvarenga. A previsão é que em novembro seja entregue a terceira unidade, no bairro Jardim Silvina.

Nas unidades Brasil Sorridente são prestados atendimentos nas especialidades de estomatologia (diagnóstico e tratamento de lesões bucais com ênfase em câncer bucal), periodontia (tratamento gengival), endodontia (tratamento de canal), cirurgia oral menor (extrações dentárias mais complexas, cirurgias de tecidos moles e ósseos), atendimento a pacientes com necessidades especiais (oncológicos, nefropatas, cardiopatas, gestantes de risco, com agravos neurológicos e outros comprometimentos de saúde), além da oferta de próteses dentárias.

Para a secretária de Saúde, “a nova premiação revela que a Prefeitura está no caminho certo”. Odete lembra que houve significativa ampliação do serviço de saúde bucal na Atenção Básica, especialmente a partir das obras de reforma das unidades básicas de saúde, que permitiram a formação de equipes completas de saúde bucal e a instalação de equipamentos odontológicos de última geração. Hoje, em São Bernardo, o usuário do SUS pode tanto fazer uma restauração simples na UBS, um tratamento de canal no Centro de Especialidades Odontológicas ou receber uma prótese dentária. As crianças participam de ações de escovação supervisionada nas escolas, onde são avaliadas e passam por tratamento contra as cáries. Também são promovidas campanhas de detecção de câncer bucal duas vezes por ano, além de o município monitorar a aplicação de flúor na água para consumo humano.

“É uma honra São Bernardo figurar entre as cidades brasileiras mais avançadas nas políticas de saúde bucal. Isso é o reconhecimento das entidades de classe pelo esforço que vem sendo feito nessa área desde 2009 em nosso município não só pelos gestores, mas também pelos profissionais dentistas, auxiliares e técnicos”, afirmou.

FONTE PMSBC

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here