Plano Diretor de Diadema discute desenvolvimento urbano e sustentabilidade

Na manhã da última quinta-feira (8), foi realizada a primeira reunião do Eixo Política Habitacional do Plano Diretor 2018, no auditório do Paço Municipal. O objetivo desta vertente é buscar o equilíbrio no processo de desenvolvimento urbano associado à sustentabilidade.

O encontro contou com a presença do prefeito em exercício, Márcio da Farmácia, e representantes das secretarias de Habitação e Desenvolvimento Urbano, de Finanças, de Meio Ambiente, de Planejamento e Gestão Pública, Desenvolvimento Econômico e Trabalho, de setores da indústria como Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Diadema, da educação como Universidade Federal Paulista (UNIFESP) e Fundação Florestan Fernandes (FFF).

A eficiência na utilização do solo, atributos relacionados a densidade e a diversidade do território ocupado e ao desenvolvimento econômico e social foram os assuntos discutidos durante a reunião. “Essa discussão é uma forma de buscar a conciliação diante das divergências do atual Plano Diretor entre o setor produtivo com áreas específicas de habitação. O que temos que ter é uma visão macro da cidade, no qual todos os serviços sejam contemplados em prol do desenvolvimento econômico do município”, afirmou a secretária de Habitação e coordenadora do eixo, Regina Gonçalves.

Durante esta semana, foram realizadas reuniões de quatro dos seis eixos do Plano Diretor 2018. As discussões buscaram a revisão e o planejamento de um novo plano. “Vejo o Plano Diretor como uma oportunidade para resolver as necessidades da cidade. Com a estrutura que estamos trabalhando, teremos um plano à altura de nossa cidade”, afirmou o prefeito em exercício, Márcio da Farmácia.

A próxima reunião do Eixo Política Habitacional está prevista para 8 de março.

Plano Diretor
O Plano Diretor é baseado na Lei Federal 10.257/2001 que regulamenta os artigos 182 e 183 da Constituição Federal. Esses artigos estabelecem parâmetros e diretrizes da política e gestão urbana no Brasil. Seu objetivo é orientar as ações do poder público visando compatibilizar os interesses coletivos e garantir de forma mais justa os benefícios da urbanização, preservar os princípios da reforma urbana, direito à cidade e à cidadania e gestão democrática da cidade.

O plano é obrigatório para municípios com mais de 20 mil habitantes, em cidades que integram as regiões metropolitanas, áreas de interesse e situadas em áreas de influência de empreendimentos turísticos ou atividades com significativo impacto ambiental na região ou no país.

0 comentários

Adicionar comentário

Outros artigosir para home

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi(0)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) lançou nesta quinta-feira (14) o início da seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT), que receberão ao menos R$ 1 milhão. de incentivo Conduzida ao lado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações (MCTIC), a iniciativa tem orçamento de R$ 20 milhões, cujos recursos não são reembolsáveis.

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%(0)

O juiz José Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, de- terminou que a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) aplique a inflação do setor de saúde como teto para reajuste dos planos de saúde in- dividuais e familiares em 2018. Dessa forma, a correção desses planos fica limitada a 5,72% –

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’(0)

A Promotoria de Brauns- chweig, na Alemanha, im- pôs na última quarta-feira (13) uma multa de 1 bilhão de euros para o grupo Volkswagen pela mani- pulação das emissões de gases em motores a diesel nesta quarta-feira (13). A montadora alemã aca- tou a decisão e se decla- rou responsável pelas acu- sações no caso

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto(0)

O plenário da Câmara de Deputados da Argentina, nesta quinta-feira (14), em uma sessão disputada e histórica, decidiu: por 131 votos a 123, que as mulheres terão direito ao aborto legal em qualquer circunstância até a 14ª semana de gestação. Também houve 1 abstenção.

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol(0)

Era o dia 9 de julho de 2014. A Argentina havia acabado de derrotar a Holanda nos pênaltis e chegar à final da Copa do Mundo. Mas todo mundo ainda tentava assimilar o inesperado resultado da outra semifinal. O Brasil havia sido aniquila- do pela Alemanha por 7 a 1.

ler mais


Entre em contato

Av. Brig. Faria Lima, 2381 - Sala 9 - São Bernardo do Campo - SP

Redes sociais

Categorias mais populares

© 2014 Jornal Hoje Livre - Todos os direitos reservados.