Ribeirão Pires realiza formação sobre Base Nacional Comum Curricular

Na última sexta-feira (11), a Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, realizou formação com coordenadores pedagógicos da rede municipal sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

A atividade contou com palestra sobre a importância da Base e do planejamento curricular, ministrada pelo professor Marcelo Furlin, coordenador do programa de pós-Graduação em Educação da Faculdade Metodista. A formação aconteceu no Centro de Formação do Professores (CEFORPE). Furlin explicou que o debate da Base vem sendo cravado desde 2015. “Acredito que discutir o currículo é fundamental. É muito mais do que pensar em áreas de conhecimento. Tem a ver com tudo o que organiza a escola, inclusive a gestão. Nossa intenção é não só a formação, mas a socialização de experiências e pensamentos”. No mês passado, a Secretaria de Educação da cidade promoveu o lançamento oficial da 3ª versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). “A gestão está oferecendo forma- ção continuada para que a rede municipal possa avançar na definição dos currículos, que obedecerão justamente as normas e diretrizes gerais consagradas”, explicou a secretária de Educa- ção, Inclusão, Cultura e Tecnologia, Flávia Banwart. Base Nacional Comum A BNCC, conforme definido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9394/96), é um documento que norteia os currículos dos sistemas e redes de ensino das unidades federativas, como também as propostas pedagógicas de todas as escolas públicas e privadas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Mé- dio em todo Brasil. Ferramenta essencial para elaboração do currículo específico de cada escola, sem desconsiderar as particularidades metodológicas, sociais e regionais de cada município. Na rede municipal de Ribeirão Pires, o novo currículo será implantado nas 33 unidades escolares, desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental, envolvendo os cerca de nove mil alunos. Esportes Já na segunda-feira (14), alunos da rede municipal de ensino de Ribeirão Pires participaram de cerimônia que marcou o lan- çamento oficial do Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos, do Comitê Paralímpico Brasileiro. O evento, realizado no Centro de Treinaeducação mento Paralímpico, em São Paulo, contou com a participa- ção do presidente do Comitê, Mizael Conrado, do Ministro do Esporte, Leandro Cruz Fróes da Silva, de Limara Battistella, secretária estadual do Direito da Pessoa com Deficiência, além do prefeito de Ribeirão Pires, Adler Teixeira – Kiko, do vice-prefeito Gabriel Roncon, da primeira-dama da cidade, Flávia Dotto, da secretária de Educação, Inclusão Cultura e Tecnologia, Flávia Banwart, entre outras autoridades. A Prefeitura da Estância Turística de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Educação, Inclusão, Cultura e Tecnologia, e o CPB firmaram parceria iné- dita que proporciona a alunos deficientes a possibilidade de participar do programa Centro de Formação Esportiva – Esportes Paralímpicos. A ação tem como objetivo promover a iniciação de crianças com deficiência física, visual e intelectual – na faixa etária de 10 a 17 anos – em oito modalidades paralímpicas. Ribeirão Pires conta com nove crianças e jovens já cadastrados no programa. O CPB disponibilizou, no total, 70 vagas para alunos com deficiência da cidade treinarem no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Os estudantes da rede municipal que já aceitaram o convite estão começando a participar dos treinos. Com transporte gratuito e lanche, além de uniforme específico para a prá- tica esportiva, os estudantes recebem acompanhamento especializado, que seleciona atletas para o aperfeiçoamento de suas aptidões. Silvana Maria Silva, mãe de Felipe Francisco, aluno da Escola Municipal Engenheiro Carlos Rohm e um dos participantes do programa, aprovou a iniciativa. “A participação de meu filho já está mudando sua vida, assim como a de outras crianças. Ele está mais animado, feliz, se sentindo importante. Acredito que (o programa) tenha resgatado a auto-estima dele”, afirmou Silvana. Felipe, 12 anos, que é portador da Síndrome de Down, treina tênis de mesa.

0 comentários

Adicionar comentário

Outros artigosir para home

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi

BNDES apoiará projetos de Internet das Coisas com pelo menos R$ 1 mi(0)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) lançou nesta quinta-feira (14) o início da seleção de projetos-piloto de Internet das Coisas (IoT), que receberão ao menos R$ 1 milhão. de incentivo Conduzida ao lado do Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicações (MCTIC), a iniciativa tem orçamento de R$ 20 milhões, cujos recursos não são reembolsáveis.

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%

Justiça limita reajuste de planos de saúde individuais a 5,72%(0)

O juiz José Henrique Prescendo, da 22ª Vara Cível Federal de São Paulo, de- terminou que a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) aplique a inflação do setor de saúde como teto para reajuste dos planos de saúde in- dividuais e familiares em 2018. Dessa forma, a correção desses planos fica limitada a 5,72% –

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’

Justiça alemã multa Volkswagen em 1 bilhão de euros no caso ‘Dieselgate’(0)

A Promotoria de Brauns- chweig, na Alemanha, im- pôs na última quarta-feira (13) uma multa de 1 bilhão de euros para o grupo Volkswagen pela mani- pulação das emissões de gases em motores a diesel nesta quarta-feira (13). A montadora alemã aca- tou a decisão e se decla- rou responsável pelas acu- sações no caso

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto

Câmara dos Deputados aprova descriminalização do aborto(0)

O plenário da Câmara de Deputados da Argentina, nesta quinta-feira (14), em uma sessão disputada e histórica, decidiu: por 131 votos a 123, que as mulheres terão direito ao aborto legal em qualquer circunstância até a 14ª semana de gestação. Também houve 1 abstenção.

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol

Como Tite trouxe o Brasil para a era moderna do futebol(0)

Era o dia 9 de julho de 2014. A Argentina havia acabado de derrotar a Holanda nos pênaltis e chegar à final da Copa do Mundo. Mas todo mundo ainda tentava assimilar o inesperado resultado da outra semifinal. O Brasil havia sido aniquila- do pela Alemanha por 7 a 1.

ler mais


Entre em contato

Av. Brig. Faria Lima, 2381 - Sala 9 - São Bernardo do Campo - SP

Redes sociais

Categorias mais populares

© 2014 Jornal Hoje Livre - Todos os direitos reservados.